" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

domingo, 18 de janeiro de 2009

FMA IA 58 Pucará

Tipo: Anti-guerrilha e Ataque ao solo
Fabricante: FMA
Primeiro vôo: 20 Agosto de 1969
Inicio do serviço: 1975
Status: Ainda em uso
Usuários: Argentina, Colômbia, Sri Lanka e Uruguai
Produção: 1976-1986
Total produzidos: 160
Tripulação: 2

Comprimento: 14.25 m
Envergadura: 14.5 m
Altura: 5.36 m
Aréa das asas: 30.3 m²
Peso vazio: 4020 kg
Peso máximo: 6800 kg
Motores: 2 × Turbomeca Astazou XVIG turboprops 729 kW cada
Velocidade máxima: 500 km/h
Velocidade de cruzeiro: 430 km/h
Alcance: 3710 km
Altitude de serviço: 10000 m
Armamentos:
2 canhões de 20 mm Hispano-Suiza HS.804
4 metralhadoras 7.62 mm FM M2-20
3 pontos em cada asa para 1,500 kg armamento entre canhões, bombas, foguetes, minas e torpedos

O FMA IA 58 Pucará é uma aeronave de ataque ao solo e anti-guerrilha. Mono e biplace de construção inteiramente metálica, com assentos ejetáveis tipo zero/zero e trem de pouso retrátil, fabricado pela Fabrica Militar de Aviões da Argentina. O desenvolvimento começou em agosto 1966. O primeiro protótipo, voou em 20 agosto 1969. O IA-58 foi projetado para operar em aeródromos pequenos na linha de frente.
As primeiras unidades foram entregues em 1975 à força aérea de Argentina chegando a 100 aeronaves entregues até 1982. Unidades foram deslocadas para o sul durante a guerra das Malvinas. A pista de decolagem pavimentada no aeroporto portuário de Stanley não era suficientemente longa para os A-4 Skyhawk e Mirage III , muitos Pucarás foram destruídos em terra por forças britânicas antes de participar no combate real. Os aviões que participaram dos combates estavam armados geralmente com as bombas não-guiadas, foguetes de 70mm, ou metralhadoras de 7.62mm. Um único helicóptero dos fuzileiros navais Britânico foi derrubado pelo Pucará em 28 de maio, a única vitória confirmada. Um total de seis Pucarás foram destruídos, junto com outros cinco aviões danificados. Os Pucarás 1993 a 1999 foram usados em operações no Sri Lanka. Três foram destruídos durante manobras do combate. Em 2007, um IA-58 do Força Aérea Argentina foi convertido para usar um motor a jato com biocombustivel. O projeto financiado e dirigido pelo governo de Argentino, sendo a segunda nação no mundo a usar bio-combustível em um avião a jato. O projeto pretende fazer a FAA menos dependente de combustíveis fósseis.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...