" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Messerschmitt Me 410 Hornisse

Tipo: Caça-bombardeiro leve
Fabricante: Messerschmitt
Primeiro voo: 1942
Inicio do serviço: 1943
Retirado de serviço: 1945
Primeiros usuarios: Luftwaffe e Força Aerea da Hungria
Produção: de maio de 1943 a Agosto de 1944
Quantidade produzida: cerca de 1200




Tripulação: 2 (piloto e artilheiro)
Comprimento: 12.40 m
Envergadura: 16.35 m
Altura: 4.28 m
Area das asas: 36.20 m²
Peso vazio: 6,100 kg
Peso maximo de decolagem: 10,650 kg
Motores: 2× Daimler-Benz DB 603A resfriado a agua V12. com 1,726 hp, 1,287 kW cada
Velocidade maxima: 624 km/h
Alcance: 2,300 km em combate
Teto de serviço: 10,000 m
Armamento:2 metralhadoras de 7.92 mm MG 17 nas laterais, 2 canhões de 20 mm MG 151 nas asas, 2 metralhadoras de13 mm MG 131 na parte de baixo da fuselagem, 1 canhão de 50 mm na parte frontal da aeronave com alcance de até 1000m e até 1000kg de bombas
Comparado a aeronaves como: Messerschmitt Bf 110, de Havilland Mosquito e Northrop P-61 Black Window.
O Messerschmitt Me 410 Hornisse era uma aeronave da Luftwaffe e um bombardeiro pesado da segunda guerra mundial desenvolvido a partir do mal sucedido Me 210.A mudança importante entre o Me-210 e Me-410 era a introdução de maiores e mais poderosos motores do tipo DB 603A do Daimler-Benz, o desempenho do motor aumentou, dando ao avião uma velocidade máxima de 625 km/h, aumentando o teto de serviço, e especialmente à velocidade de cruzeiro, que saltou a 579 km/h. As entregas começaram em maio de 1943, com mais de dois anos de atraso. Quando o Me 410 chegou mesmo com seu desempenho melhorado não foi o bastante para se defender dos enxames de aeronaves aliadas.
Em bombardeiros noturnos o Me 410 provou ser um dificil alvo para os aviões da RAF. A primeira unidade a operar sobre o Reino Unido era V/KG 2, que perdeu seu primeira Me 410 na noite de 13-14 de julho 1943, derrubado por um de Havilland Mosquito do esquadrão do no. 85. Usado igualmente como um contratorpedeiro. O modelo 410 A-1/U2 foi desenvolvido com dois canhões 20 mm nas asas, já o A-1/U4 foi equipado com um canhão BK-5 de 50mm na parte frontal da aeronave. Para destruir as formações de bombardeiros muitos Me 410 usavam quatro tubos Wfr. GR. 21, com foguetes de 210 mm. Sendo bem sucedido contra bombardeiros sem escolta, um número considerável de bombardeiros diurnos daUSAAF foram abatidos. Mais era um alvo fácil frente aos caças P-47 Thunderbolt ou o P-51 Mustang. Em 6 março 1944 dezesseis Me 410 acompanhados por BF 109 e FW 190 derrubaram oito B-17 e quatro P-51. No em 11 abril, 26 Me 410 alcançou um sucesso raro, derrubando dez B-17 sem nenhuma perda. Mas durante outro combate oito Me 410 foram interceptados por P-51 sendo todos derrubados junto com três BF 110, sendo que houve dezesseis mortos e três feridos. No verão de 1944, com o fim da guerra contra Hitler, o mesmo ordenou a volta de todas as aeronaves para defesa do Reich, permanecendo em vôo somente para reconhecimento. Alguns Me 410 foram utilizados junto com Junkers Ju 88 durante a batalha de Normandia para missões de reconhecimento em grandes altitudes durante a noite. O canhão de BK 5, de 50 mm, permitiu aos Me 410 disparar em seus alvos a uma distância de 900 a 1000m, sendo inutil o armamanto defensivo de seus alvos. A produção foi cancelada eventualmente para concentrar-se nos BF 109G da Messerschmitt em agosto 1944, depois que 1.160 Me 410 tinham sido construídos.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...