" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Blohm & Voss BV 138

Tipo: Hidroavião de reconhecimento de longo raio de ação
Fabricante: Blohm & Voss
Primeiro voo: 15 de Julho de 1937
Inicio do serviço: Outubro de 1940
Primeiro usuário: Luftwaffe
Produção: 1938–1943
Total produzido: 297
Tripulação: 6, piloto, navegador, operador de radio, artilheiro traseiro, artilheiro traseiro, artilheiro em cima e 10 passageiros
Comprimento: 19.9 m
Envergadura: 27 m
Altura: 6.6 m
Area das asas: 111.9 m²
Peso vazio: 8,100 kg
Peso carregado: 14,700 kg
Motores: 3× Junkers Jumo 205 diesel, 880 cv cada, de 6 cilindros verticais em linha
Velocidade máxima: 275 km/h
Velocidade de cruzeiro: 235 km/h
Raio de ação: 5,000 km
Altitude de serviço: 5,000 m
Razão de subida: 220 m/min
Armamento: 2 canhões MG 151 de 20 mm, 1 metralhadora MG 131 de 13 mm, 3 metralhadoras MG 15 de 7.92 mm

Sua fuselagem sempre foi motivo de problemas. Ela modificada para melhorar o contato com a água. O BV 138 era bem armado, mas constituia um alvo fácil para os caças pela sua baixa velocidade e poder de manobra. O modelo BV 138-MS foi uma versão destinada à dragagem de minas. Usado para reconhecimento e apoio às operações de submarinos, igualmente utilizado na luta anti-submarina.
O vigilante marítimo de Hitler - A inexistência de uma aviação naval tornou os hidroaviões indispensáveis para os alemães em 1940. O BV 138 foi o resultado de um complicado programa de desenvolvimento, os atrasos na escolha de motores apropriados para os protótipos levaram à alteração do projeto para que recebesse 3 motores Jumo, mais potentes. Os novos propulsores e a fuselagem não foram uma combinação feliz. O resultado foi adverso entre as operações aéreas e marítimas. O protótipo voou em julho de 1937, seguido de outro com a fuselagem modificada. As asas tambem foram modificados e o casco alterado, passando a ter maior contato com a água para flutuação, a produção do BV 138 A-1 começou em abril de 1940 e as unidades da Luftwaffe receberam em tempo de utilizar na campanha da Noruega. O BV tinha uma estrutura reforçada e uma metralhadora adicional de 13mm atrás da fuselagem central, tendo entrado em serviço em março de 1941, o BV 138-C foi construído até 1943 em um total de 297 aeronaves.
BV 138 FOTO 1,FOTO 2,FOTO 3,FOTO 4

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...