" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

terça-feira, 1 de junho de 2010

Aichi D3A '' Val ''


Tipo: Bombardeiro de mergulho embarcado
Fabricante: Aichi Kokuki KK
Primeiro voo: Janeiro de 1938
Inicio do serviço: 1940
Primeiro usuário: Marinha Imperial Japonesa
Total produzido: 470 D3A1 e 1.016 D3A2
Tripilação: 2 (piloto e operador de rádio/artilheiro)
Comprimento: 10.2 m
Envergadura: 14.37 m
Altura: 3.8 m
Area das asas: 34.9 m²
Peso vazio: 2.570 kg
Peso máximo de decolagem: 4.122 kg
Motor: 1 Mitsubishi Kinsei 54, radial, de 1.300 hp
Velocidade máxima: 430 km/h
Alcance: 1.352 km
Altitude de serviço: 10.500 m
Razão de subida: 8.62 m/s
Armamento: 2 metralhadoras fixas de 7.7 mm, 1 metrlhadora móvel de 7.7 mm na parte traseira da cabine e uma bomba de 250 kg sob a fuselagem e 2 sob as asas cada uma com 60 kg .

O Aichi D3A chamado de Val pelos aliados, tornou-se um dos mais conhecidos bombardeiros da história. Era um bombardeiro de mergulho embarcado na Marinha Imperial Japonesa nas fases iniciais da guerra, participou em quase todas as ações, incluindo Pearl Harbor. O projeto do Aichi começou com as asas elípticas usadas no Heinkel He 70. O primeiro protótipo usava um motor Hikari de baixa potência com 710 cavalos, o segundo recebeu um motor Kinsei 3 de 840 cavalos, sua capota foi remodelada, a cauda vertical foi ampliada para ajudar a estabilidade direcional, aumentaram a extensão e seções de bordo de ataque e os freios de mergulho foram reforçados, a partir dai o D3A provou ser melhor que seus rivais.
Em dezembro 1939, a Marinha requisitou os aviões do tipo 99 para uso em bombardeios, tais modelos tinham asas ligeiramente menores e aumentaram a potência do motor chegando a 1.070 cavalos no modelo Kinsei 44, o problema direcional da instabilidade foi resolvido finalmente com o encaixe de uma aleta dorsal longa. O D3A1 começou seu serviço a bordo do porta-aviões Akagi e Kaga durante 1940, quando um pequeno número de aviões atacaram alvos em território chinês. Começando com o ataque de Pearl Harbor neste dia foram utilizados 129 ''Val'', o D3A1 participou em todas as operações japonesas nos primeiros 10 meses da guerra. Conseguiram a fama durante a invasão do Oceano Índico em abril 1942 quando os D3A1s atingiram 80% das bombas lançadas durante ataques aos cruzadores britânicos HMS Cornualha e Dorsetshire e o porta-aviões HMS Hermes. Em junho de 1942, entrou em serviço uma versão melhorada do D3A o modelo 12, com motor Kinsei 54 de 1.300 cavalos, com alcande maior devido ao aumento do tanque de combustível com capacidade de 900 litros, sendo capaz de proteger as Ilhas Salomão. Quando as forças americanas retornaram as Filipinas em 1944, os D3A2s baseados em terra, tiveram pesadas perdas. Muitos D3A1s e D3A2s foram operados por unidades de treinamento no Japão, e diversos foram modificados com controles duplos como o tipo 99 modelo 12 da Marinha para instrução de bombardeiro (D3A2-K). Durante o último ano da guerra os D3A2s foram usados em missões kamikaze. Em 1945, guerrilheiros indonésios capturaram numerosas bases aéreas Japonesas e vários D3A "Val" foram capturados. Mas a maioria dos aviões foram destruídos entre 1945 e 1949 já que a Indonésia foi invadida por inimigos durante esse periodo.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...