" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

sexta-feira, 18 de março de 2011

North American F-86 Sabre

Tipo: Caça interceptador e bombardeiro
País: Estados Unidos
Fabricante: North American Aviation
Primeiro voo: 1 de Outubro de 1947
Inicio do serviço: 1949 com a USAF
Retirado de serviço: 1994 na Bolivia
Primeiro usuário: Estados Unidos, Japão, Espanha e Coréia do Sul
Total produzido: 9.860
Custo unitário: US$ 219.457 (F-86E)
Tripulação: 1
Comprimento: 11.4 m
Envergadura: 11.3 m
Altura: 4.5 m
Aréa das asas: 29.11 m²
Peso vazio: 5.046 kg
Peso carregado: 6.894 kg
Peso máximo de decolagem: 8.234 kg
Motor: 1 turbina General Electric J47-GE-27
Empuxo: 2.680 kg podendo manter portência total por apenas 5 minutos
Capacidade de combustivel: 1.650 lts tanque interno e 2 tanques externos com 756 lts cada
Velocidade máxima: 1.106 km/h ao nivel do mar, com o peso de 6.447 kg
Velocidade de stol: 200 km/h
Alcance: 2.454 km
Altitude de serviço: 15.100 m
Razão de subida: 45.72 m/s alcança 9.100 m em 5.2 minutos
Distância minima para decolagem: 710 m
Armamentos: 6 metralhadoras .50 (12.7 mm) M2 Browning com 1.602 cartuchos, 2 pods lançadores de foguetes Matra com 18 foguetes SNEB de 68 mm cada, bombas cerca de 2,400 kg distribuidos em 4 pontos externos, utilizava dois pontos para bombas e dois para os tanques extras, variando suas bombas desde napalm até uma bomba tática nuclear.

O F-86 Sabre norte-americano era um caça transônico, produzido para a Força Aérea Americana, o Sabre ficou conhecido peo seu papel na Guerra da Coréia, onde combateu os ageis MiG-15. O F-86 mostou-se obsoleto no final dos anos 50, mas provou ser adaptável e continuou na linha de frente como caça na Força Aérea Boliviana até 1994. Seu sucesso manteve sua produção em mais de 7.800 aviões entre 1949 e 1956, nos Estados Unidos, Japão e Itália. Outras versões foram construídas no Canadá e Austrália. O Sabre canadense adicionou 1.815 modificações na aeronave, sua produção mundial fechou em 9.860 unidades, sendo o caça ocidental mais fabricado.
As propostas iniciais para cumprir uma exigência da Forças Aéreas do Exército Americano para um caça de grande altitude, de escolta e de único assento foram feitas no final de 1944 e deviam utilizar o projeto original do FJ-1 Fury feito pela Marinha Americana. O P-86 Sabre foi o primeiro avião norte-americano a utilizar as pesquisas de voo, feito pelos nazistas no fim da guerra. As exigências do desempenho foram cumpridas incorporando uma asa em semi delta com 35° e estabilizador ajustávelo, o mesmo modelo de asas usada pelo Messerschmitt Me-262. O protótipo XP-86, que se transformaria no Sabre F-86, voou 1 de outubro de 1947, o comando æroestratégico da USAF manteve os F-86 em serviço de 1949 a 1950 com interceptadores. O F-86 foi produzido como um caça-interceptador e caça-bombardeiro, a potência de seu motor foi melhorada com o uso de novas turbinas entre elas o XP-86 versão com um motor General Electric J35-C-3 com 1.814 kg de empuxo, o F-86A-1 tinha um motor General Electric J47-GE-7 com 2.358 kg de empuxo, já o F-86H possuia um motor General Electric J73-GE-3 com 4.195 kg de empuxo. O F-86 foi batizado em combate durante a Guerra da Coréia, a versão caça-bombardeiro F-86H podia carregar até 907 kg de bombas, incluindo um tanque externo de napalm. As versões de interceptação e bombardeio tinham 6 metralhadoras M3 .50 (12.7 mm) instaladas no nariz do avião, a versão F-86H tinha 4 canhões de 20 mm em vez das metralhadoras, os cartuchos utilizados nas metralhadoras continham magnésio, que foram projetados para se inflamar quando do impacto no alvo inimigo. Alguns modelos de F-86 utilizaram na época um novo tipo de radar de tiro o A-1CM, provando sua eficácia contra os MiGs na Coréia. Já o uso de foguetes começou em missões de treinamento, utilizando foguetes não-guiados de 70 mm, mais tarde foram usados foguetes de 127 mm em missões de combate.
O F-86A registrou seu primeiro recorde de velocidade alcançando 920 km/h em setembro de 1948, o piloto de testes norte-americano George Welch quebrou a barreira do som em um mergulho com seu XP-86 quando em um voo de ensaio em 1 de outubro de 1947, em 14 de outubro de 1947 o foguete tripulado X-1 da Bell, fez o primeiro voo em velocidade supersônica e nivelada. Em 18 de maio de 1953, Jacqueline Cochran voando um F-86E Canadense foi a primeira mulher a quebrar a barreira do som, não se sabe se foi um voo nivelado ou não.
O F-86 foi utilizado em vários missões de combate pelo mundo dentre elas a Guerra da Coréia, Guerra Fria, Crise de Taiwan, Guerra India-Paquistão, Guerra pela libertação de Bangladesh, Guine Bissau e Filipinas.
Durante a Guerra da Coréia, os soviéticos estavam procuravam por um F-86 Sabre intacto com a finalidade de estudar tal tecnologia, as buscas eram frustrantes, devido a politica americana de destruir armas e equipamentos uma vez que tivessem sido danificadas ou abandonadas, no caso dos aviões americanos, seus pilotos acabavam destruindo ou bombardeando seus Sabres. Entretanto, em certa ocasião um F-86 foi tragado pela maré alta em uma praia impedindo sua destruição, mas após algum tempo ele submergiu, encontrado pelos soviéticos o avião foi enviado para Moscou, o F-86 foi estudo e usado como base para a construção do novo Sukhoi, os estudos do F-86 contribuíram para o desenvolvimento das ligas de alumínio dos aviões.
Fotos do F-86: F-86 com seu rival Mig-15, Tanques externos de combustível, Metralhadoras, Compartimento das metralhadoras, Turbina, Sabre Canadense, Sabre Alemão, Lançador de foguetes, Modelo do foguete, Cockpit, Assento injetor, Assento injetor II.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...