" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Republic F-105 Thunderchief

Tipo: Caça bombardeiro
Fabricante: Republic Aviation
Primeiro voo: 2 de outubro de 1955
Inicio do serviço: 27 maio 1958
Retirado de serviço: 25 fevereiro 1984
Usuário: Força Aérea Americana
Total produzido: 833
Custo unitário: US$ 2.14 milhões em 1960
Tripulação: 1 (2 nas versões E/F/G)
Capacidade de carga: 6.700 kg de armamentos
Comprimento: 19.63 m
Envergadura: 10.65 m
Altura: 5.99 m
Aréa das asas: 35.76 m²
Peso vazio: 12.470 kg
Peso carregado: 16.165 kg
Peso máximo de decolagem: 23.834 kg
Motor: 1 turbina Pratt & Whitney J75-P-19W com pós-combustão
Empuxo: 6.486 kg
Empuxo com pós-combustão: 11.113 kg
Velocidade máxima: 2.208 km/h a 11.000 m
Alcance de combate: 1.250 km
Alcance máximo: 3.550 km
Altitude de serviço: 14.800 m
Razão de subida: 195 m/s alcança 11.000 m em 1 minuto e meio
Armamentos: 1 canão de 20 mm M61 Vulcan com seis canos e 1.028 cartuchos, com um total de quatro pontos sob as asas e um sob a fuselagem, com uma carga de 6.400 kg de bombas podendo ser convecional ou nuclear e misseis AIM-9 Sidewinder e AGM-12 Bullpup estes para destruição de rampas de lançamentos de misseis SAM.
Aviônica: radar NASARR R-14A, controle de tiro AN/ASG-19 Thunderstick e sistema de rádio navegação AN/ARN-85 LORAN.
O Republic F-105 Thunderchief, é um caça-bombardeiro supersônico usado pela Força Aérea Americana. Capaz de atingir mach 2 o F-105 foi utilizado nos primeiros anos da Guerra do Vietnã. Projetado originalmente como um avião de assento único, uma versão de dois assentos foi desenvolvida para ser usado na supressão das defesas anti-aéreas com a utilizãção de misseis SAM. O F-105 estava armado com misseis e um canhão, entretanto, seu projeto original foi de uma caça de penetração a baixa altitude e alta velocidade, que transportaria uma unica bomba nuclear internamente. Começando a voar em 1955, o Thunderchief foi incorporado ao serviço em 1958. Foi o caça monorreator mais empregado na história pela USAF, um único F-105 podia transportar a carga de bombas de 10 aviões B-17 e B-24. Foram cerca de 20.000 missões do Thunderchief, foram perdidos cerca de 382 aviões, quase metade dos 833 produzidos, sendo 62 perdas operacionais. Apesar de não ser exatamente um caça de combate aéreo, nas mãos de bons pilotos ele se saia muito bem, por isso, depois dos F-4 Phantom, os F-105 foi o segundo maior destruidor de Migs, totalizando 28 vitórias, apesar de 23 F-105 terem sidos abatidos por Migs. Os caças biplaces F-105F e F-105G foram os primeiras plataformas de supressão contra as defesas aéreas, indo de encontro aos misseis S-75 ou SA-2 soviéticos, para com seu missel AGM-45 anti radar, destruir as estações de radar, quando estas eram ligadas e usadas contra os caças, assim seus alvos iluminados o missel atingia em cheio as estações vietinamitas. Dois pilotos receberam a medalha de honra, por terem atingido um local de lançamentp de misseis SAM e no mesmo dia terem abatido dois MiG-17. O Thunderchief foi substituido mais tarde pelos McDonnell Douglas F-4 Phantom II e pelo General Dynamics F-111 Aardvark, entretanto alguns F-105 permaneceram em serviço até 1984, quando foram substituídas pelos F-4G.
O conjunto de radar, sistema de controle de tiro e uma central digitalizada de bombardeio, permitia ao F-105 atacar de dia ou noite e em qualquer tempo, com bombas e misseis, o F-105 possuia um compartimento interno para transportar uma bomba nuclear, no Vietnã ele abrigava um reservatório de combustível de 1.476 litros, já sua fuselagem com forma de garrafa de coca-cola reduz o arrasto aerodinâmico prejudicial nas velocidades transsônicas, reduzindo o consumo de combustível, aumentando sua autonomia. Suas asas em diedro fechado permitia um notável poder de manobra a baixa altitude e grande velocidade, os motores tinham melhor desempenho com o fluxo de ar relativamente lento, as entradas de ar tinham uma forma especial, com enflechamento negativo no encaixe asa-fuselagem, isto fazia com que o fluxo de ar desacelerasse.
O Thunderchief foi retirado do serviço na USAF após o fim da Guerra do Vietã. Dos 833 F-105s construídos, quase 50% foram perdidos no Vietnã. Por padrões militares Americanos os F-105 foram considerados ineficazes em combate, alguns aviões permaneceram na reserva nacional entre os anos 70 e 80, mas seu serviço prolongado na guerra fez com que os F-105s excedessem sua vida útil no começo dos anos 70. O F-105 Thunderchief foi aposentado oficialmente em 25 de fevereiro de 1984.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...