" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Northrop Grumman MQ-8 Fire Scout

Tipo: Sistema de Veículo Aéreo Tático não Tripulado
Fabricante: Northrop Grumman
País de origem: Estados Unidos
Primeiro voo: dezembro de 2006
Primeiro usuário: Marinha Americana
Produção total: 175
Custo unitário: US$ 16 milhões
Tripulação: 0
Comprimento: 7.30 m
Largura da fuselagem: 1.90 m
Altura: 2.90 m
Diâmetro do rotor: 8.40 m
Peso vazio: 940 kg
Peso máximo de decolagem: 1.428 kg
Motor: 1 turbina Rolls Royce 250-C20W
Velocidade de cruzeiro: 200 km/h
Velocidade máxima: 213 km/h
Altitude de serviço: 6.100 m
Alcance: cerca de 8 horas de voo
Alcance com equipamento de infravermelho e radar: cerca de 7 horas
Alcance com carga de equipamentos máxima: cerca de 5 horas
Aviônicos: Infravermelho, detector de minas, comunicação VHF/UHF e radar maritimo.

   O MQ-8 Fire Scout é um helicóptero não tripulado autônomo desenvolvido pela Northrop Grumman para uso pelas Forças Armadas dos Estados Unidos. O Fire Scout é projetado para fornecer reconhecimento e apoio para detecção de alvos em terra, ar e mar. A versão RQ-8A inicial foi baseada na Schweizer 330, enquanto que as melhoradas MQ-8B foi derivado do Schweizer 333.
   O Fire Scout MQ-8B tem a capacidade autônoma de decolagem e aterrissagem em qualquer navio de guerra, com a maior autonomia entre aeronaves não tripuladas, o Fire Scout é capaz de operações contínuas, proporcionando uma cobertura de 200 km do local de lançamento e 8 horas de voo.
   O MQ-8B fornece uma capacidade de detectar, identificar e direcionar as ameaças táticas no mar ou em terra. Possui radar eletro-óptico/infravermelho, sensores downlink de vigilância com vídeo, sensores de anomalia magnética e sistemas via satélite. Podendo direcionar artilharias em terra, mar, ataques aéreos e soldados no campo de batalha minimizando o contato com fogo inimigo.
   O MQ-8B é capaz de operar a partir de qualquer navio da Marinha, o Fire Scout possui três missões principais: guerra anti-submarina, guerra de superfície e guerra de minas, podendo realizar múltiplas funções ao mesmo tempo, fornecendo suporte no campo de batalha. O Fire Scout fornece informações  em tempo real, como verificação de barcos suspeitos, desembarque anfíbio, transmissão de comunicações, orientação sobre alvos móveis e além do campo visual​​.
   Em janeiro de 2006, um RQ-8A pousou no navio de guerra da Marinha Americana o USS Nashville  na costa de Maryland, perto do rio Patuxent. Isto marcou a primeira vez que um helicóptero não tripulado desembarcou de forma autônoma em um navio em movimento. O USS Nashville, que é um navio de transporte anfíbio, viajava a uma velocidade de 27 km / h.
   No entanto, devido a mudanças no cronograma de desenvolvimento, a Marinha realizou a Avaliação Operacional do Fire Scout a bordo do USS McInerney (FFG-8). Isto irá fornecer a frota um sistema de suporte aéreo não tripulado. O Fire Scout utilizou mísseis guiados a bordo da fragata USS McInerney, para ajustes operacionais e testes em 10 de dezembro de 2008. O Fire Scout foi programado para utilização a bordo do USS McInerney, durante missões contra o narcotráfico em 2009. 
   A Marinha realizou avaliações técnicas em 2008 e a Avaliação Operacional em 2009, chegando a capacidade operacional em 2011. 
   Em setembro de 2009, a Marinha anunciou a primeira missão do MQ 8B, em 3 de abril de 2010, um MQ-8 detectou um lancha e uma embarcação de apoio envolvidos no contrabando de cocaína no Pacífico Oriental, resultando na apreensão de 60 kg de cocaína e a prisão dos suspeitos. Em 2 de Agosto de 2010, um MQ-8 deixou de responder aos comandos durante os voos de testes e entrou no espaço aéreo restrito ao redor de Washington. 
    Em maio de 2011, três MQ-8 foram destacados para o norte do Afeganistão.
   Em 21 de Junho de 2011, um MQ-8 operacional do USS Halyburton que fazia parte das Operação da Otan foi abatido sobre a Líbia durante uma missão de reconhecimento e vigilância.
   A Marinha Americana perdeu duas aeronaves em uma semana. No primeiro incidente, a Marinha disse que um Fire Scout caiu na costa da África em 30 de março de 2012, depois que a aeronave não conseguiu pousar na fragata USS Simpson no final de uma missão de vigilância. Em 6 de Abril de 2012, outro Fire Scout caiu no Afeganistão, a Marinha disse que a causa do acidente não havia sido determinada.
   Existem estudos para que o MQ-8B utilize armamentos, como foguetes Hydra de 70 mm, misseis guiados a laser Griffin, bombas guiadas a laser ou gps GBU-44 e misseis Hellfire II guiados a laser.

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...