" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

sábado, 22 de outubro de 2011

Cessna A-37 Dragonfly ou Super Tweet

Tipo: Ataque leve e antiguerrilha
Fabricante: Cessna
Primeiro voo: 1963
Status: retirado de serviço pelos Estados Unidos em 1992, ainda em serviço em alguns paises
Primeiros usuários: Força Aerea Americana, Vietnamita, Chilena e Colômbiana
Total produzido: cerca de 577
Desenvolvido a´partir: do T-37 Tweet
Tripulação: 2
Comprimento: 8.62 m
Envergadura: 10.93 m
Altura: 2.70 m
Area das asas: 17.09 m²
Peso vazio: 2.817 kg

Peso máximo de decolagem: 6.350 kg
Motores: 2 turbinas General Electric J85-GE-17A com 1,293 de empuxo cada
Velocidade máxima: 816 km/h a 4.876 m
Velocidade de cruzeiro: 787 km/h a 7.620 m
Alcance: 1.480 km
Alcance de combate: 740 km com 1.859 kg de carga
Altitude de serviço: 12.730 m
Razão de subida: 35.5 m/s
Armamentos: 1 metralhadora minigun 7.62 mm GAU-2B/A (montada no nariz), 8 pontos de armamentos sendo 4 em cada asa com capacidade para 1.230 kg, pode ser carregado com pods: SUU-11/A com 1 minigun de 7.62 mm M134, GPU-2/A com 1 canhão de 20 mm ou M197 com 1 canhão de 30 mm DEFA
Foguetes: quatro pods, com 7 foguetes de 70 mm cada, foguetes Mk 4/Mk 40 FFAR ou lançadores de foguete LAU-32/A, LAU-59, ou LAU-68 ou foguetes Mk 66/WAFAR em lançadores LAU-131
Misseis: AIM-9 Sidewinder
Bombas: 4 bombas Mk 82 de 241 kg ou 4 bombas de submunições SUU-14
Outros: bombas de Napalm e lançadores de Flares SUU-25/A

   O Cessna A-37 Dragonfly ou Super Tweet é uma aeronaves de ataque leve desenvolvida a partir do avião de treinamento básico T-37 Tweet na década de 60 e 70. O A-37 foi introduzido durante a Guerra do Vietnã e permanece em serviço até hoje em alguns países.
   O crescente envolvimento militar americano no Vietnã na década de 60 levou a um forte interesse em aeronaves antiguerrilha (COIN). No final de 62, a Força Aérea Americana avaliaram na base aérea de Hurlburt na Flórida dois T-37C para o papel.   O A-37B também foi exportado para a América Latina, principalmente durante a década de 70. Foi bem adequado às suas necessidades devido à sua simplicidade, baixo custo e eficácia para a guerra insurgente. A maior parte dos A-37Bs exportados tiveram suas sondas de reabastecimento em voo encurtadas para atuar como único ponto de reabastecimento em terra ou simplesmente retirados.
   A Força Aérea encontrou no T-37 uma aeronave promissora, mas queria uma versão melhorada que pudesse transportar uma carga muito maior, maior resistência e melhor desempenho. Isto significou um aeronave mais pesadas com motores mais potentes. Em 1963 a Força Aérea recebeu da Cessna dois protótipos YAT-37D com modificações que incluíam: asas mais forte, três pontos fixos sob cada asa, tanques de combustível maior com capacidade de 360 lts,  metralhadora minigun General Electric GAU-2B / A de 7.62 mm Gatling com uma taxa de fogo de 3.000 tiros / minuto com 1.500 cartuchos. A arma foi montado no lado direito do nariz da aeronave por trás de um grande painel de acesso, com câmera de mira. Melhores aviônicos para comunicações no campo de batalha, navegação e segmentação.
   Estas mudanças significaram um aumento drástico no peso da aeronave e que agora tinha que transportar uma carga significativa. A Cessna, portanto, dobrou a potência do motores, substituindo os dois Continental J-69 para 2 turbinas General Electric J85-J2 / 5 com 1.088 kg de empuxo cada.
   O primeiro YAT-37D voou em outubro de 1964, seguido um ano depois pelo segundo protótipo. O segundo protótipo tinha quatro pontos sob cada asa, ao invés de três, o primeiro protótipo foi atualizado para esta configuração também.
   A guerra no sudeste asiático, continuou a crescer. As perdas de Douglas A-1 Skyraider aviões que davam suporte aos americanos e sul-vietnamitas, fizeram com que os Estados Unidos acelerassem o projeto de avião antiguerrilha. O YAT-37D parecia um candidato promissor para o trabalho, mas a Força Aérea sentiu que a única maneira de ter certeza de sua capacidade, era o de avaliar a aeronave em combate.
   Como resultado, a USAF publicou um contrato com a Cessna para um lote de pré-produção de 39 YAT-37Ds, com algumas pequenas alterações em relação aos protótipos, para ser reconstruído a partir dos T-37Bs existentes. Essas aeronaves foram inicialmente designadas AT-37D, mas a designação foi rapidamente alterado para A-37A.
   O A-37A tinha um peso bruto de decolagem de 5.440 kg, dos quais 1.230 kg era de carga bélica. O A-37A retirados de serviço, para o uso do T-37B, foram usados como avião de instrução operacional.
   Em combate a aeronave transportava um piloto e um observador. Normalmente em missões de apoio próximo era utilizado apenas o piloto oque permitia um ligeiro aumento na carga bélica.
   Algumas aeronaves ainda estão em serviço, no Chile 44 aviões foram retirados de serviço no fim de 2009 e dois foram enviados para um museu em Santiago, em 27 de maio de 2010, cerca de 13 aviões ainda estão em serviço na Colômbia, no Equador 4 aviões ainda estão operacionais, em El Salvador 9 estão operacionais, na Guatemala 2 estão em serviço, em Honduras 10 estão operacionais, no Peru 10 aviões estão operacionais, sendo que recentemente a Coréia do Sul doou 8 A-37Bs ao Peru, o Uruguai tem 10 ainda em serviço urrently in service.
   Cerca de 95 A-37B foram capturados pelo Vietnã do Norte e enviado para testes na então União Soviética. Já a Força Aérea da Guatemala voou o A-37 em extensas operações de contra-insurgência durante a década de 70 até 90, perdendo um avião em ação em 1985. A aeronave, juntamente com o Embraer EMB 312 Tucano, tem sido amplamente utilizado para operações antidrogas.
FOTOS DO A-37: Taxiando, no Vietnã, reabastecimento em voo, soltando bombas de Napalm, cockpit, assentos em tandem, suportes sob as asas, metralhadora 7.62mm no nariz

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...