" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

quarta-feira, 4 de março de 2009

FIM-92 Stinger

Tipo: Lançador de missel terra-ar portátil
Fabricante: Raytheon Missile Systems
Desenvolvido: General Dynamics
País de origem: Estados Unidos
Desenvolvido: 1967
Inicio da produção: 1978
Entrada em serviço: 1981 até hoje
Usado nas guerras: das Malvinas, Afeganistão, Guerra Civil Angolana, Kargil e Iugoslávia
Custo unitário: US$ 38,000
Variantes: FIM-92A, FIM-92B, FIM-92C, FIM-92D, FIM-92G
Motor: Mk 27 dois estágios, com combustivel sólido de foguete
Peso da arma: 15.6 kg
Peso do missel: 10 kg
Peso do explosivo: 1 kg
Comprimento: 1.5 m
Diâmetro: 7.62 cm
Envergadura: 14 cm
Sistema de guiagem: Infravermelho
Velocidade: 2,523 km/h
Raio de alcance: 200m a 5,000 m
Altitude operacional: 10m a 3,000 m
Tipo de explosivo: missel com cabeça perfurante com explosivo de grande poder, sendo detonado por aproximação.

O FIM-92 Stinger é um míssil terra-ar portátil, de guiagem por infravermelho pessoal. Usado pelas forças armadas dos Estados Unidos e outros 29 países, o míssil de Stinger básico tem sido até agora responsável por 270 aviões abatidos e confirmados. Chegando a marca de 70.000 mísseis produzidos. Relativamente fácil de operar, o Stinger FIM-92 é um míssil terra-ar passivo, operado por um único soldado, embora oficialmente exija dois. O míssil pode ser usaso igualmente para atingir veículos, helicopteros e aviões. Existe uma versão lançada por helicópteros chamado ATAS ou Stinger lançado por aviões. O Stinger é lançado por um pequeno motor, até uma distância segura do operador, antes de acionar o segundo motor com combustivel solido acelerando a uma velocidade máxima de 750 m/s ou 2.523km/h. A ogiva é do tipo penetrante, com explosão por impacto ou aproximação. Já a orientação até ao alvo é inicialmente feita por infravermelho, quando está proximo do alvo muda-se para seu radar de busca e aquisição do alvo.
Em serviço - Sua entrada em combate foi em 21 de maio de 1982, durante a Guerra das Malvinas, apenas um avião Pucará foi abatido pelos ingleses. A CIA forneceu quase 500 Stingers (algumas fontes dizem que pode de 1500 a 2000) para os Afegãos durante a guerra contra a União Soviética no Afeganistão nos anos 80, onde foram usadas com sucesso. Após a retirada dos sovieticos em 1989, os Estados Unidos tentaram comprar os Stingers, por cerca de 55 milhões de dólares mas a maioria dos Stingers tinham sidos entregues ao Irã, Qatar e Coreia do Norte. Os Estados Unidos venderam para o governo de Angola no final dos anos 80. Em ambos os casos, os esforços para recuperar os mísseis após o fim das hostilidades foram em vão. O exército paquistanês usou na Guerra de Kargil e abateu um helicóptero Indiano Mi-8 e um avião MiG-21, tambem danificando um avião de reconhecimento Canberra. No inventário militar dos Estados Unidos existem 13.400 mísseis. O custo total do programa é de mais de sete trilões de doláres. Existem boatos que o serviço secreto Americano tenham mísseis Stinger para proteger o presidente, mas em caso de algum ataque ele será levado para algum lugar seguro, sem que necessite do uso do missel.
STINGER FOTO 1,FOTO 2,FOTO 3,FOTO 4

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...