" Criei um aparelho para unir a humanidade, não para destruí-la. " - Santos Dumont

" Um prisioneiro de guerra é um homem que tentou matá-lo, não conseguiu e agora implora para que você não o mate. " - Winston Churchill
" Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus - Albert Einstein
" O objetivo da guerra não é morrer pelo seu país, mas fazer o inimigo morrer pelo dele - George S. Patton. "
" Só os mortos conhecem o fim da guerra " - Platão
"Em tempos de paz, os filhos sepultam os pais; em tempo de guerra, os pais sepultam os filhos." - Herodes

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Dassault Mirage F1

Tipo: Caça de multiplo emprego
Fabricante: Dassault Aviation
Primeiro voo: 23 de Dezembro de 1966
Inicio do serviço: 1973
Primeiros usuários: French Air Force, Iraqi Air Force, Spanish Air Force e Royal Moroccan Air Force
Total produzidos: cerca de 720
Desenvolvido a partir: do Mirage III
Tripulação: 1 na versão de caça e 2 na versão de reconhecimento/ataque ao solo
Comprimento: 15.33 m
Envergadura: 8.44 m
Altura: 4.49 m
Area das asas: 25 m²
Peso vazio: 7,400 kg
Peso carregado: 11,130 kg
Peso máximo de decolagem: 16,200 kg
Motor: 1 SNECMA Atar 9K-50 com pós combustão
Velocidade máxima: 2,573 km/h a 11,000 m
Raio de combate: 425 km
Raio de alcance: 2,150 km
Altitude de serviço: 20,000 m
Razão de subida: 215 m/s
Armamento: Guns: 2 canhões de 30 mm DEFA 553 com 150 cartuchos por canhão, 8 casulos Matra com 18 foguetes de 68 mm SNEB cada, 4 misseis AIM-9 Sidewinders ou 2 Matra R550 Magics, 2× Super 530Fs, 2× AM-39 Exocets, 2× AS-30L e 6.300kg de bombas em cinco pontos externos para grande varidade de armamentos, pods de reconhecimento e tanques auxiliares.

O Mirage F1 é um caça de superioridade aérea e ataque ao solo, construído pela Dassault como o sucessor do Mirage III. Motorizado por um único turbojato Snecma Atar que fornece aproximadamente 7 toneladas de empuxo, mas de 700 F1s foram produzidos, se o desempenho em combate fosse usado como avaliação de qualidade, o Mirage F1 seria um dos melhores caças do mundo. Dos 10 países que o adquiriram, 6 empregaram-no em combate.
Conflitos que o Mirage F1 participou: na África do Sul durante a guerra de beira F1CZs derrubaram dois MiG-21s angolanos em 1981 e em 1982. Dois F1AZs foram perdidos sobre a Angola em 20 fevereiro de 1988, ao voar sobre um combóio foi abatido um missel SA-13 Gopher. Dois F1AZs e um único F1CZ foram danificados pela ação inimiga mas puderam retornar à base. Em 27 setembro de 1987, uma tentativa de interceptar dois MiG-23MLs cubanos um F1CZ foi danificado ou por um missel forçando a um pouso forçado ferindo o piloto. A Força Aréa Africana perdeu seis F1AZs e três F1CZs. Cerca de 30 Mirages F1CHs foram comprados pelo Marrocos em 1975, com as primeiras entregas em 1978. Foram usados em combate em 1979, causando a primeira perda em novembro 1979, devido a misseis anti aéreos SA-7. Em outubro de 1981, dois F1 foram derrubados pelos rebeldes com mísseis SA-6 e SA-9 doados pela Líbia, com pelo menos sete aviões abatidos e seis perdidos em acidentes entre 1979 e 1988, quando foi assinado um cessar fogo. A Força Aérea Equatoriana adquiriu os Mirage F1JAs entre Janeiro e Fevereiro de 1981 durante o breve conflito contra o Peru. Com tudo a Força Aérea Peruana possuia Mirages 5Ps e Sukhoi Su-22Ms fornecendo apoio naquela região. Em 1995, Mirages F1s e Kfir Equatorianos foram usados contra o Peru. Em 10 fevereiro 1995, dois Mirages F1JAs, abateram dois Su-22Ms peruanos, um Kfir e um A-37B Dragonfly. Os F1C da França foram usados na invasão da Líbia, tambem participaram da defesa dos Emirados Arábes e do Qatar, durante as Operações Escudo e Tempestade do Deserto. Armados com misseis Exocet F1EQ iraquianos afundaram e avariaram numerosos petroleiros no Golfo, nos anos 80. A Espanha utiliza 20 caças F1EE e 6 biplace F1BE, usados em patrulhas na Lituania e Mar Báltico a serviço da OTAN entre julho de 2006 a novembro de 2006, interceptando por duas vezes intrusos não revelados.

MIRAGE F1 FOTO 1,FOTO 2,FOTO 3,FOTO 4,FOTO 5,COCKPIT

Nenhum comentário:

Videos de aviões

Loading...